O Instagram tem sido uma das redes sociais mais úteis para o e-commerce, principalmente na venda de produtos físicos. Nos Estados Unidos, o vice-presidente de monetização do Instagram James Quarles revelou em entrevista ao TechCrunch que 60% dos usuários aprendem sobre produtos e serviços no aplicativo. Três quartos destes 60% disseram que eles tomam algum tipo de ação como visitar sites, fazer buscas no Google ou contam a um amigo sobre um post que viu na rede social. De olho nesse potencial, o Instagram anunciou o Shopping, uma maneira de comprar dentro do próprio app. De início, apenas algumas marcas de renome estão testando a função nos EUA. Por isso, confira nosso guia completo logo abaixo para começar a se preparar para a novidade, planejada para ser lançada no mundo inteiro.

Leia tambémComo tirar boas fotos de seu produto para e-commerce

O que é o Instagram Shopping?

No começo de novembro, o Instagram anunciou sua nova ferramenta destinada ao e-commerce, chamada de Instagram Shopping. A novidade marca o agitado ano da rede social, que lançou também o Instagram Stories para rivalizar com o Snapchat, por exemplo. O principal objetivo da nova funcionalidade é cortar o tempo que um usuário leva para comprar um produto que viu no Instagram. Atualmente, as marcas podem apenas criar posts com imagens nos seus produtos. Como não é possível inserir links nos posts, as empresas agem de duas maneiras. A primeira é colocar o endereço para que o visitante copie e cole em seu navegador. A segunda é colocar um link na bio, único local no qual é possível inserir um link, e não mais que isso.

Com o Instagram Shopping, o objetivo da rede social é trazer o fluxo desde a descoberta até a venda apenas no aplicativo. Ou seja: inserir links de produtos.

Outro estudo do Instagram, que foi revelado no anúncio do Instagram Shopping revelou que 84% dos usuários de smartphones e tablets nos Estados Unidos navegam, pesquisam e comparam produtos em um navegador web ou aplicativo. Relacionando os dois estudos citados anteriormente, o lançamento dessa ferramenta ajuda a obstruir uma das maiores dificuldades do Instagram e revelam um grande potencial de sucesso para a nova função.

 

Novo Shopping do Instagram

Como funciona o Instagram Shopping?

A princípio, a experiência de navegar pelo feed da rede social não será alterado. No entanto, cada vez que enviar fotos que contém produtos – como roupas, bebidas ou eletrônicos, entre outros – terá um pequeno aviso escrito “Toque para ver produtos” no canto inferior esquerdo da imagem. Clicando nele, o usuário poderá marcar até cinco produtos nessa foto, como se fossem pessoas ou locais, mas podendo incluir o preço. Para não poluir a foto e possivelmente estragar a experiência do usuário, o preço não é amostrado de imediato.

Quando um seguidor toca na marcação do produto que está disponibilizando, o nome e o preço do item em especial será amostrado. Clicando novamente, o seguidor é levado a uma página com a descrição completa do item selecionado. Estima-se que deslizar a tela para a esquerda ou direita mostra os outros produtos à venda na mesma foto. Caso deseje comprar, basta clicar em “Shop Now” e será guiado para o site da loja para finalizar a compra. Ainda assim, você não é retirado do app e, caso desista, é possível voltar para seu feed apertando o botão de “Voltar” em seu smartphone.

Instagram Shopping Descrição EcommerceO Instagram acredita que sua nova função irá acelerar o processo de compra sem pressionar um potencial cliente. Outro estudo interno divulgado no anúncio revelou que apenas 21% das pessoas efetuam uma compra no mesmo dia que descobrem um produto do seu interesse. Isso ocorre pois elas evitam comprar de impulso, pesquisando mais sobre um produto em específico antes de finalizar a compra. A meta aqui é agilizar a compra fornecendo as informações necessárias de imediato.

Veja também: 7 recursos para ganhar seguidores no Instagram

A pergunta de 1 milhão de dólares: quanto precisarei investir para usar o Instagram Shopping?

De acordo com a própria equipe por trás da rede social, nada. O Instagram não pretende cobrar taxas das e-commerces que adotarem o Instagram Shopping. De início, a estratégia de monetização deverá se concentrar em uma cobrança semelhante ao sistema de anúncios. Para ser mais preciso, a intenção do Instagram é permitir às e-commerces pagarem para que suas fotos com produtos possam aparecer também para usuários que não seguem a marca.

Cerca de 20 marcas americanas estão testando o Instagram Shopping nesse momento. Três delas são: Kate Spade NY, JackThreads e Warby Parker. No entanto, ainda não é possível ver o Instagram Shopping em funcionamento para a maioria dos usuários. Por ora, a função está disponível para alguns usuários do iPhone e iPad nos EUA.

Instagram shopping comprar

Quais são os planos futuros do Instagram Shopping?

De acordo com o anúncio mencionado durante a matéria, o Instagram planeja incluir mais uma função ao Instagram Shopping: as recomendações. Assim como já acontece em sites de compras como eBay e Amazon, a funcionalidade deve permitir aos usuários atribuir uma nota a um produto e escrever uma análise. Acreditamos que, em um primeiro momento, isso deverá ser possível apenas através dos comentários no post. O Instagram também pretende mudar a maneira como os produtos são exibidos aos compradores, mas não deu nenhum detalhe em como fará isso.

Uma das funcionalidades futuras mais promissoras é o “salvamento”. Tocando em um ícone, o usuário do Instagram pode deixar o post com o produto de interesse salvo para conferir em um momento futuro. Obviamente, a intenção da rede social é de expandir essa plataforma de e-commerce para o restante do mundo. Curiosamente, nada foi mencionado sobre a versão para Android do app, mas pressupomos que o Instagram Shopping também deva se tornar compatível com o sistema do Google.

Como o Instagram Shopping pode ajudar meu e-commerce?

A primeira vantagem do Instagram Shopping é a mais óbvia: aumento no número de vendas. Como a ferramenta corta alguns passos no fluxo de compra, isso evita com que os usuários tenham de sair do app para pesquisar sobre um produto. Vale notar também que, com a plataforma, será mais fácil rastrear os resultados obtidos pelo seu perfil na rede social.

instagram shopping vantagens

A segunda e maior vantagem está nas fotos de seus produtos enviadas pelos seguidores e não seu perfil. Com a possibilidade de marcar o produto para venda no compartilhamento da foto do usuário, as e-commerces aumentam suas chances de obter vendas, já que o conteúdo gerado pelo usuário passa maior autenticidade do que apenas publicações das próprias empresas. O terceiro bônus é o maior espaço para conteúdos criativos. Como a marcação já leva o usuário a uma página de descrição, não será necessário publicá-la na legenda da postagem como é feito hoje, permitindo usar o espaço para chamadas de ação mais atraentes e criativas.

Leia também: 7 Banco de imagens gratuitas para você salvar nos favoritos

O que esperar do Instagram Shopping?

Acreditamos que é muito possível que a plataforma venha a ser bem-sucedida e se torne padrão para as e-commerces no Instagram. Por isso, recomendamos desde já que comece a procurar mais possibilidades e fique por dentro das notícias relativas ao Instagram Shopping. Dessa maneira, já pode começar a se preparar para o futuro e ser pioneiro em sua área. Mesmo com a possibilidade de limitar o fluxo há apenas um app, ainda é importante – e necessário – que tenha um site – se ainda não possui um, entre em contato agora conosco para um orçamento. Dessa maneira, não fica sujeito às regras do Instagram e pode disponibilizar serviços exclusivos que nós da Caio Design disponibilizamos.

 

Via: Jivosite